Sacrifício e compromisso ditaram acesso à fase de subida

A UD Leiria tornou-se a primeira equipa do Campeonato de Portugal a garantir o acesso à fase de subida à 2ª Liga

O líder da Série E (com 46 pontos) venceu o Sertanense por 3-0, apesar de se ter estado reduzida uma parte inteira do encontro, com a expulsão de João Paredes a acontecer aos 44 minutos.

A equipa do Sertanense FC até começou melhor, com o primeiro lance de perigo aos 6 minutos, com um remate de Sunday a sair ao lado da baliza de Fábio Ferreira. Diego Galo respondeu na outra baliza, com um cabeceamento ao lado da baliza defendida por Léo Turossi.

A UD Leiria começava a tomar conta do jogo, e foi à passagem do minuto 23 que Afonso Caetano ativou pela primeira vez na tarde o marcador: Cruzamento de João Dias na direita do ataque unionista e Afonso Caetano, com um cabeceamento forte, atirou para o fundo das redes.

Mesmo com o golo, a UD Leiria não baixou “a guarda” e procurou o segundo golo. E esteve perto disso por cinco vezes no espaço de 10 minutos, com João Paredes, Leandro Antunes e Andrézinho a não conseguirem ultrapassar Léo, que começava a carimbar uma boa exibição.

À passagem do minuto 44, João Paredes recebe ordem de expulsão, por uma entrada fora de tempo sobre o adversário, levando para o descanso a equipa de Leiria a vencer por 1-0 mas com menos uma unidade.

Na segunda parte esperava-se um Sertanense FC mais dominante do jogo, com uma UD Leiria mais à espera do adversário e no contra ataque. Mas a UD Leiria contrariou essa premissa, e continuou a controlar a partida, dispondo das melhores oportunidades da 2ª parte, não permitindo muitos ataques à equipa da casa.

Na segunda parte, a UD Leiria aumentou a vantagem com um auto golo de Matheus (74′) após cruzamento de Afonso Caetano, que iria ser nomeado mais tarde, pelos unionistas, como Homem do Jogo. Leandro Antunes fechou o marcador em 3-0, com um remate potente, totalizando o seu 2º golo pela UD Leiria.

Com esta vitória, a equipa do lis garantiu matematicamente o acesso à fase de subida à II Liga, que irá ser disputada num grupo de 4 equipas, composto pelos primeiros classificados da Série E, Série F, Série G e Série H.

 

Sertanense FC

Léo Turossi, Luís Martins (64’ B. Eduardo), Sunday, Hugo Meira, Miguel Pinéu, Doukouré (19’ B. Torres), Vítor Rocha (83’ César), Iago (45’ Cyrille), João Silva, Matheus (83’ Landry), Muacir.

Treinador: Natan Costa

 

UD Leiria

Fábio Ferreira, João Dias, Victor Massaia, Diego Galo, Kaká (86’ Rui Gomes), Babanco (69’ Tiago Casstro), Afonso Caetano, Andrezinho (80’ Iddriss), Perdigão (80’ Badará), L. Antunes (80’ Renato Alexandre), João Paredes.

Treinador: Hélder Pereira

 

Homem do Jogo: Afonso Caetano

Local: Campo de Jogos Dr. Marques dos Santos

Árbitro: Quitério Almeida (AF Lisboa)

Ao intervalo: 0-1 Afonso Caetano (23′)

Disciplina: Amarelo a Bruno Torres (50’), Cyrille (58’), Babanco (67’), Muacir (70’) e Rui Gomes (90’+1). Vermelho a João Paredes (44’) e Dénis Martins (44’, no banco).