Nota de Pesar – Carlos Vieira

A União Desportiva de Leiria vem manifestar publicamente o mais profundo pesar pelo falecimento do leiriense, Carlos Manuel Vieira, e um grande embaixador da nossa cidade, que nos deixa de forma prematura aos 68 anos.

Conhecido como o Ciclista Bombeiro, ficou mundialmente conhecido em 1983, ao bater o recorde do mundo de resistência em bicicleta: durante 191 horas pedalou sem parar, totalizando 3 mil quilómetros no antigo Estádio Municipal de Leiria. Fixou um novo recorde do Guinness de resistência em bicicleta em 1990 mas sobre rolos, em New Jersey, nos Estados Unidos da América.

Novamente em Leiria, em 2014, pedalou 15 horas e 14 minutos sobre rolos em cima de um carro de bombeiros e, em 2018, garantiu novo recorde, guiando a bicicleta durante oito horas apenas com uma mão. Sempre de bicicleta, Carlos Vieira realizou ainda várias ligações entre cidades, destacando-se as realizadas entre Leiria e o Vaticano, sendo recebido pelos papas João Paulo II e Francisco.

 

Carlos Vieira com a equipa de 1983/1984: Jerónimo, “Carlos Vieira”, Canena, Luis, Cardoso, Caíca Patan Tininho, Carvalho, Herédia, Esmoriz e Martinho
Carlos Vieira juntamente com a equipa de 2006/07: Alhandra, Paulo César, Hugo Faria, Alemão, Slusarski, Harison, Fernando Prass, Paulo Gomes, Kata, Cadu, Laranjeiro, Paulo Machado, “Carlos Vieira” e Eder Bonfim.

Como orgulhoso leiriense, Carlos Vieira era também um orgulhoso adepto da União Desportiva de Leiria e por diversas vezes transformou a sua paixão pelo ciclismo em apoio ao clube, como aconteceu em 2009, quando fez a viagem de Leiria a Oliveira de Azeméis de bicicleta, como forma de apoio à equipa liderada por Manuel Fernandes, que acabaria por subir de divisão. Também a União Desportiva de Leiria homenageou Carlos Vieira pelos seus feitos.

Neste momento de grande tristeza, a União Desportiva de Leiria não quer deixar de prestar uma última homenagem a Carlos Vieira, endereçando aos seus familiares e amigos as mais sentidas condolência.